Títulos de capitalização

bilhete de loteria

Primeiramente, é importante saber que os títulos de capitalização, ao contrário do que é propagado pelos bancos, não se tratam de uma “poupança forçada”. Na realidade, os títulos estão mais para loteria do que para uma aplicação.

O argumento utilizado nas propagandas é que o dinheiro será capitalizado e atualizado pelo rendimento da poupança, que hoje, é 5,25% ao ano. Mas, o que nem sempre é informado é que somente uma parte do valor do título é capitalizado, enquanto nas aplicações em poupança todo o dinheiro depositado vai para a conta, não havendo cobrança de taxas.

Observe a tabela de custo de sorteio, capitalização e carregamento.

Pagamento Cota de sorteio Cota de capitalização Cota de carregamento
1º ao 3º 5,7143 % 10 % 84,2857 %
4º ao 10º 5,7143 % 70 % 24,2857 %
11º ao 60º 5,7143 % 93,42 %  0,8657 %

Fonte: http://www.caixaseguros.com.br/CaixaCapitalização/Produtos/IDEAL 

De acordo com essa tabela, se o valor de um título de capitalização é de R$ 100,00, por exemplo, o que é destinado para a conta (ou a cota de capitalização) varia entre 10% e 93,42% desse valor. A cota de sorteio é de 5,7143% e a cota de carregamento vai de 0,8657% até 84,2857%.  A cota de carregamento é o que fica para o banco todo mês, ou seja, você paga até 84,2857% ao mês, para que seu dinheiro renda, atualmente, 5,25% ao ano.

Financeiramente, nesse caso, é mais interessante deixar o dinheiro na poupança.

“Mas existem os sorteios mensais”, você deve estar pensando.

A probabilidade de que alguém seja contemplado é cerca de 1% ao mês.

Você conhece alguém que já tenha sido premiado? Eu, infelizmente, não.

 

 

2 comentários

  1. Ricardo Martins - 5 de outubro de 2012 14:29

    Super legal o post Sandra. É justamente o que eu pensava, só nao sabia argumentar.

    Responder
    • Sandra Rodrigues - 6 de outubro de 2012 14:10

      Que bom saber que sua sugestão foi atendida à contento.
      Obrigada pelo acesso.

      Responder

Dê sua opinião