Pense os números em anos

porquinho

Um cafezinho, em uma padaria próxima ao meu local de trabalho, custa R$ 2,00. Dois cafezinhos por dia, R$ 4,00. Se levarmos em conta que um mês tem,  em média, vinte dias úteis, serão gastos R$ 80,00 por mês. Ao final de um ano, serão R$ 960,00 só em cafezinhos.

Mas, calma! Não precisa parar de tomar cafezinho. Esse é somente um dos pequenos gastos que podem se tornar montantes significativos quando calculados por ano.

Agora, imagine outros gastos que não são tão pequenos. Experimente saber quanto você gasta por ano com telefone celular, refeições fora de casa ou com cigarros, por exemplo.

No dia a dia, não nos apercebemos desses valores porque não estamos acostumados a pensar em quantias relacionando-as a períodos estendidos de tempo.

 Veja o quanto pode economizar deixando de comprar todos os dias alguns itens supérfluos, que definitivamente não farão falta. Você irá se surpreender com os resultados.

Pense nisso. Faça as contas. Pequenas economias feitas diariamente podem fazer a diferença ao final de um ano ou em um momento no qual você precise de um dinheiro extra.

4 comentários

  1. Ricardo Martins - 25 de agosto de 2012 0:56

    É verdade. Gastamos muito com bobagens. O dinheiro tem valor no tempo.
    Só com relação ao comer fora, que no meu caso sai mais barato. Se fosse fazer comida só pra mim não ia valer a pena.
    Mudando de assunto, adoraria ver um post falando de titulos de capitalização (super x-cap e essas coisas)…
    Boa sorte!

    Responder
    • Sandra Rodrigues - 25 de agosto de 2012 1:08

      Sugestão anotada, Ricardo. Aguarde os próximos posts.
      O Econofácil agradece.

      Responder
  2. Jessé Wakai - 31 de agosto de 2012 15:52

    Pensando em números ….

    É verdade, estou “adepto” a este fato, em dois anos trocarei de motocicleta !!! rsrsrsr…

    Abraços …

    Responder
    • Sandra Rodrigues - 14 de setembro de 2012 3:08

      Olá, Jesse!
      É bom ver que está colocando em prática o que aprendemos em sala.
      Espero vê-lo por aqui mais vezes.

      Responder

Dê sua opinião