Investimentos – Conheça os Títulos Públicos do Tesouro Direto

Títulos do Tesouro Direto

Em função da redução dos rendimentos da poupança, muitas pessoas têm procurado outras formas de investimento. Para aqueles que ainda se acham conservadores demais para o mercado de ações, o Tesouro Direto pode ser uma boa alternativa.

Trata-se de um programa de venda de títulos públicos a pessoas físicas,  desenvolvido pelo Tesouro Nacional em parceria com a BM&FBOVESPA.

Os títulos públicos são ativos de renda fixa, ou seja, seu rendimento pode ser estimado no momento do investimento, ao contrário dos ativos de renda variável, como ações, cujo retorno não pode ser mensurado no instante da aplicação.

Investir no Tesouro Direto é simples. Você pode começar com o valor mínimo de R$ 30,00 e as transações são feitas exclusivamente pela Internet.

Em economia, são considerados os ativos de menor risco de um país por serem garantidos em 100% pelo Tesouro Nacional.

Para adquiri-los, é necessário acessar o portal do Tesouro Direto, escolher um agente de custódia habilitado e solicitar o cadastramento. Esse agente irá solicitar alguns documentos que deverão ser enviados pelo correio. Uma vez cadastrado, você receberá uma senha por e-mail que possibilitará a compra e venda de títulos diretamente no site.

É importante saber que esse tipo de transação está sujeita ao pagamento do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) e do Imposto de Renda, cujas alíquotas  variam de acordo com o tempo que você permanecer com os títulos, além da taxa de negociação de 0,10% sobre o valor da operação e da taxa de custódia da BM&FBOVESPA, de 0,30% ao ano sobre o valor dos títulos, referente a serviços de guarda desses papéis e às informações e movimentações dos saldos. Os agentes de custódia também podem cobrar taxas de serviços que são livremente acordadas com os investidores no ato da contratação.

As taxas cobradas pelas instituições, a lista dos agentes de custódia e a modalidade de título mais adequada ao seu perfil, além das características dos títulos ofertados, estão disponíveis para consulta no site do Tesouro Direto.

Bons investimentos!

Dê sua opinião